E d u c A ç ã o

27/06/2009

Flauta pré-histórica de 35 mil anos

Filed under: História da Cultura,Pré-história — jspimenta @ 20:20

Mais antigo instrumento musical fabricado pelo homem encontrado até hoje tem cerca de 35 mil anos

147995a
Produzido há cerca de 35 mil anos, o instrumento de sopro de cinco orifícios encontrado em uma caverna no sul da Alemanha impressiona pela semelhança com as flautas atuais (foto: H. Jensen/ Universidade de Tübingen).

Os homens das cavernas dançavam ao som de flautas. É o que sugere um artigo publicado esta semana na Nature que descreve o mais antigo instrumento musical fabricado pelo homem de que se tem notícia: uma flauta com cerca de 35 mil anos, retirada de uma caverna no sul da Alemanha. A descoberta indica que os primeiros europeus modernos já tinham uma tradição musical estabelecida.

Os mais antigos instrumentos feitos pelo homem encontrados até hoje eram um grupo de 22 flautas datadas de 30 mil anos, descobertas na França, e uma flauta de aproximadamente 20 mil anos, da Áustria.

Os doze pedaços que compõem a flauta recém-descoberta foram encontrados na caverna de Hohle Fels, na região da Suábia (Alemanha), em setembro de 2008. O instrumento foi esculpido a partir do osso de um abutre-fouveiro (Gyps fulvus) e tem 21,8 centímetros de comprimento e 0,8 cm de diâmetro.

Segundo um dos autores do artigo, o arqueólogo Nicolas Conard, da Universidade de Tübingen (Alemanha), o que mais chamou a atenção da equipe foi a semelhança da peça com as flautas modernas. O instrumento tem cinco orifícios para o posicionamento dos dedos e uma das pontas com abertura em forma de ‘v’, provavelmente por onde saía o som.

Durante as escavações, também foram recuperados outros três fragmentos em marfim, que pertenceriam a duas flautas. Os pesquisadores salientam que, por serem de um material mais resistente que o osso de ave, essas flautas demandaram técnicas mais apuradas de fabricação.

Habilidades artísticas estabelecidas
As peças foram encontradas a apenas 70 centímetros do local onde estava uma escultura de corpo feminino feita em marfim – batizada de Vênus de Hohle Fels –, também descrita por Conard na Nature em maio deste ano. Segundo o arqueólogo, tanto as flautas como a escultura são exemplos das manifestações culturais do homem que viveu no período Paleolítico Superior (entre 40 mil e 10 mil anos a.C). “A descoberta dessas peças prova que naquela época o homem já apresentava habilidades artísticas e tinha uma linguagem simbólica similar à atual”, diz o pesquisador à CH On-line.

De acordo com o artigo, a existência de uma tradição musical no período Paleolítico pode ter colaborado para a manutenção de redes sociais e, assim, ajudado na expansão territorial e demográfica do homem moderno. Os neandertais, hominídeos que viveram nesse mesmo período, tinham manifestações culturais mais acanhadas e talvez por isso tenham permanecido isolados.

Barbara Marcolini
Ciência Hoje On-line
25/06/2009

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.